quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Feitiços, Rituais e Suas Energias

Você conhece as diferenças entre um Feitiço e um Ritual?



  • Um Feitiço é uma fonte de energias favoráveis guiadas a um propósito por nossa intenção e vontade. Usa-se de elementos naturais como Pedras e Cristais, Ervas em geral, Horas e Dias específicos, Fases da Lua ou qualquer outro Astro Cósmico, Palavras e Símbolos.
Um dos modos mais comuns de se realizar feitiços é escrevê-lo em um pedaço de papel de forma objetiva e queimar.

  • Um Ritual é a canalização das mesmas energias de um feitiço para uma finalidade objetiva, como proteção, cura, prosperidade, amor, conhecimento, agradecimento ou homenagens. Um Ritual requer um certo conhecimento em agir e interagir com tais energias. Pode-se adicionar outras fontes de energia mais complexas, como a presença de Entidades e outros Seres que coexistem conosco.
Um dos modos mais comuns de se realizar rituais são as celebrações dos Esbaths.

Na teoria a linha que divide um Ritual de um Feitiço é bem tênue, porém com a prática, aprendemos a nos comportar em cada caso da maneira correta para nossa segurança e sucesso nos feitos.

E os tipos de Energia, você conhece?


  1. Magia: É a Energia, pura e natural. Esta presente em tudo, desde a explosão de uma estrela distante no espaço e no tempo até o simples pulsar de seu coração. Dentro do conceito de magia, existem dois caminhos a Alta Magia e a Baixa Magia.
  2. Alta Magia: Consiste no mago ter domínio sobre a realidade e entidades, para isso ele faz sacrifícios de prazeres terrenos e carnais, dominando assim sua própria e pura energia para então poder dominar outras energias.
  3. Baixa Magia: De origem pagã, chamada também de Bruxaria, é a manipulação de energias carnais e terrenas, o sexo e a natureza são valorizados e sagrados, a espiritualidade está na manipulação para atingir o equilíbrio com o cosmos.

Jamais devemos confundir as definições de Alta e Baixa Magia com mais poderosa e menos poderosa, com boa ou ruim, com certa ou errada. Ambas fazem parte do mesmo objetivo, com formas diferenciadas de feitos e tradições.

Essa Energia pode ser separada e classificada das seguintes maneiras:

  1. Magia Branca: Energias usadas interiormente. Você atrai para si mesmo as energias que deseja, não afeta nada nem ninguém. Você controla seu destino e seu corpo. Esta energia é a mais 'benéfica', já que jamais vai infligir na vida e no destino de ninguém alem de si mesmo. Ela esta fundada nos pilares da Fé, Certeza e Conhecimento. Tudo o que podemos classificar como positivo para nós mesmos, é magia branca. A criação, o conhecimento, a vida saudável, a espiritualidade limpa e etc.
  2. Magia Negra: Energias usadas em terceiros. Você interfere na vida de outras pessoas, seja por 'bem' ou por 'mal'. Lembre-se que o que pode ser muito bom para você, para outra pessoa pode ser um castigo, por isso classificasse como 'maléfica' qualquer ação sua em outras pessoas. 
  3. Magia Vermelha: Fundada em sacrifícios externos a si. Mortes de animais, sangue, vidas para conseguir algo ou o controle sobre alguém. Mais uma vez, é uma magia externa a si mesmo, que interfere em outras vidas que não a sua. 
  4. Magia Verde: De origem oriental, está fundada na busca do divino e do perfeito, fora de si mesmo. Usa-se altares, buscasse o divino, o celestial, deuses e deusas perfeitos para completar nossas carências de uma existência imperfeita. Novamente é algo externo a si.


Os pilares em que as magias Negra, Vermelha e Verde estão fundados são os da Dúvida, Medos e Ignorância. Quando você tem dúvidas, medos e ignora o conhecimento, você se torna suscetível a qualquer uma das três últimas magias. Mas quando você tem fé, verdadeira fé, em você, quando você tem certeza do que deseja para sua vida e quando busca o conhecimento, você está praticando a Magia Branca

A Verde pode ser classificada como 'boa' também, pelo fato de seu praticante estar buscando a transcendência, a evolução de seu espirito imperfeito para algo perfeito como os deuses e deusas e outros seres de um outro plano.
Vale lembras que as classificações de cores, são meramente ilustrativas, apenas uma forma de nomear. Todas essas energias são exatamente as mesmas, o que muda de uma para outra é a intenção de uso do bruxo ou da bruxa. 

Texto e Imagem: Henrique Barbosa
Participe: Grupo de Estudos
Conheça nossa Loja: Elo7 - Bosque do Cervo
'Este texto é de autoria própria e fica proibida sua cópia, total ou parcial, sem autorização'

Nenhum comentário:

Postar um comentário