terça-feira, 8 de dezembro de 2015

A Jornada do Louco XVII

XVII - A Estrela


Depois de ser destruído e desestruturado, O Louco agora está sereno e tranquilo. A Estrela (17) mostra que apesar das decepções, depressão e perdas, o Louco ainda tem algo em seu coração: a esperança de um futuro melhor, que advém das experiências traumáticas do passado. Agora o Louco tem novamente fé em si mesmo e quer compartilhar com todos sua felicidade e sua paz. A Estrela anuncia promessas, que é uma experiência positiva para o Louco que passou pelo colapso de tudo o que acreditava ter valor em sua vida.

Texto: Isabella Batista


O Arcano da Esperança, do Crescimento e da Mãe do futuro
 
Uma mulher com um joelho apoiado no chão tem uma jarra em cada mão, derrama o conteúdo de uma delas numa superfície de água (rio ou lago) e, da outra, na terra. No céu há oito estrelas.
A mulher é jovem e está completamente nua; seus cabelos caem livremente sobre as suas costas e ombros. O joelho que está apoiado no chão é o esquerdo; a ponta do pé direito está em contato com a água. Representada ligeiramente de três quartos, seu olhar parece ignorar o trabalho que realiza. Do chão brota uma planta com três folhas e, um pouco mais atrás, dois arbustos diferentes se destacam contra um céu incolor; sobre o que se encontra à direita da mulher um pássaro negro de asas abertas parece estar pousado ou a ponto de levantar voo.
No céu podem ser vistas duas estrelas de sete pontas e cinco estrelas de oito pontas. Estão dispostas simetricamente em volta de uma estrela muito maior, que tem dezesseis pontas, oito amarelas e oito vermelhas.

Significados simbólicos
Esperança, confiança. Idealismo. Imortalidade. Plenitude. Beleza. Natureza.
O céu da alma. Influência moral da ideia sobre as formas.

Interpretações usuais na cartomancia
Pureza, entrega às influências naturais, sadias. Confiança no destino. Plenitude e sensibilidade poética, intuição. Bondade, espírito compassivo. Energia, convalescença.
  1. Mental: Alguém traz uma força para ser utilizada, mas não diretamente. É a inspiração do que deve ser feito.
  2. Emocional: Uma corrente de equilíbrio e de esplendor.
  3. Físico: A satisfação, o amor humano em toda a sua beleza; o destino dos sentimentos que animam o ser. Realização das coisas através da ordem e da harmonia.
  4. Desafios e sombra: Harmonia desviada de seu objetivo inicial; estabilidade física pouco duradoura; falta de atenção; descuido e displicência.
Falta de vergonha, despudor, leviandade. Falta de espontaneidade. Coações, moléstias. Natureza artificial e anti-higiênica.
Tendência para a evasão e para o romantismo exagerado. Falta de aptidão para a vida prática. Estreiteza de visão, doenças.
Em questões referentes à arte, esta carta fala do dom de encantamento, ou seja, o resplendor que atrai o próximo.

Fonte: Clube do Tarô

Participe: Grupo de Estudos
Conheça nossa Loja: Elo7 - Bosque do Cervo
'Este texto é de ia própria e fica proibida sua cópia, total ou parcial, sem autorização'

Nenhum comentário:

Postar um comentário