quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O Clima e Suas Influências na Magia

O Clima e Suas Influências na Magia

Já se perguntou o que fazer naquele dia chuvoso demais que não dá pra sair de casa sem ser carregado pela enxurrada (paulistas entenderão haha), ou naquele dia quando o Sol está tão ardido que nem protetor solar ou chapéus dão um jeito? Ou então, o que se pode fazer quando se tem algum fenômeno natural por vir? Se nunca se perguntou isso, é chegada a hora então.
Os diferentes climas da natureza são energias que podem ser usadas na hora de nossos feitiços e ritos em geral, trazendo assim mais energia e significado a estes atos.
A Natureza é um ser vivo, e tem seus sentimentos e seus humores, os climas são manifestações de seu humor, mas como entendê-los? Simples vamos falar dos mais comuns por agora.

O Dia
O Dia carrega a energia do Sol, ou seja, energia do sucesso, verdade, poder, iniciativa, ganhos materiais, financeiros e espirituais.
Como aproveitar sua energia? Botar a cara no Sol um pouco pela manhã, sentir sua energia vindo até você, carregar alguns tipos de cristais, deixar seu instrumento tomar um banho de luz, fazer o próprio rito na luz do Sol.

A Tarde
A Tarde carrega a energia da transformação, ela é a ponte entre Dia e Noite, entre o Mundo Material e o Mundo Espiritual. Ela leva o Sol e trás a escuridão que nos possibilita enxergar luzes mais distantes no tempo e no espaço, luzes de estrelas que não existem mais há bilhões de anos.

A Noite
A Noite carrega a energia da Lua, ou seja, do mistério, segredos e conhecimento, da magia e da sensualidade. Ela é a porta aberta para o Mundo Espiritual que a Tarde nos possibilitou observar.
Como aproveitar sua energia? Assim como o Dia, a Noite tem um astro para iluminar o céu, e ele mesmo sem luz própria, faz o serviço muito bem. Em outras palavras a Noite nos ensina que podemos dobrar o destino e usá-lo a nosso favor, assim como a Lua usa a luz do Sol para nos iluminar.

Esses são eventos diários e comuns a todos. Bom, quase todos, caso você more no Alasca, terá Dia por 6 meses e depois Noite nos outros 6 meses.
Agora a eventos menos previsíveis, mas importantes:

Chuva
A Chuva tem o poder da purificação e banimento, da transformação de energias. A Chuva é o momento que a Natureza usa para se limpar e se preparar para coisas novas brotarem.
Após a Chuva, o céu e o ar tendem a ficar mais limpos, as cores são mais vivas e radiantes e o cheiro é mais agradável, mesmo numa cidade de concreto e asfalto.

Nublado
Um céu Nublado, tem a energia da dissipação, quando você quer desfazer ou filtrar algo, assim como as nuvens filtram e espalham a luz do Sol a quem estiver por baixo. Dias nublados tendem a ser bem claros e sem sombras, demonstrando que é um dia sem segredos ou coisas ocultas aos olhos.

Névoa

A Névoa tem a energia da ocultação, quando se precisa esconder algo ou mesmo quando precisa para algo momentaneamente. Assim como não vemos dentro da Névoa e caso tentemos usar a luz pra ver acabamos por enxergar menos, podemos usar essa característica para ocultar o que quisermos.

Vento
O Vento tem duas energias do encaminhamento, que pode ser para algo se concretizar ou ser banido, vai depender da intenção. Os Ventos levam sementes de uma árvore a direções onde elas possam brotar, mas também podem levar as sementes a locais onde jamais encontrarão terras.
Apagar a vela ao sopro pode encaminhas a intenção dela ao local onde esta a resposta e objetivo. O mesmo vale com cinzas de feitiços sopradas ao vento. Mas se sua intenção é se livrar de algo, soprando ao vento e pedindo que leve embora é uma solução bem eficaz e por vezes sem volta.


Energias podem sempre ser somadas à outras energias, um dia de Sol que recebe uma chuva inesperada, certamente haverá 2 Arcos-Íris lado a lado no céu, imagine aproveitar a energia de todas as cores sendo apresentadas de modo tão belo na Natureza.
Observar a Natureza e anotar comportamentos dos animais e até mesmo os nossos e nossas sensações, é muito importante para sabermos como e quais energias aproveitarmos em cada momento.



Texto e Imagem: Henrique Barbosa
Participe: Grupo de Estudos
Conheça nossa Loja: Elo7 - Bosque do Cervo
'Este texto é de ia própria e fica proibida sua cópia, total ou parcial, sem autorização'

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Lunação

Lunação


Lunação é um ciclo lunar completo, onde a Lua passa da Lua Nova até a próxima Lua Nova. Esse período tem duração média de 29 dias, 12 horas, 44 minutos e 2,9 segundos, mas esse valor não é sempre o mesmo e pode variar entre 29 dias e 4 horas e 29 dias e 22 horas aproximadamente.

Na Magia e na Natureza a Lua exerce uma forte influência sob a Gravidade em nosso planeta. E como já sabemos, a gravidade influência muito o comportamento da Água, logo a Lua é muito importante no controle das marés, cheias e baixas. Nosso corpo também é constituído por cerca de 70% de Água, logo estamos suscetíveis à sua influência.
A mulher tem seu ciclo de produção hormonal que se exterioriza através da menstruação, já o homem tem seu ciclo de produção hormonal que se exterioriza através da produção do esperma. Tanto o homem como a mulher são também influenciados pela Lua nestes ciclos naturais do corpo.
Animais também são influenciados pela Lua com ciclos de caça, resguardo, cio e nascimento. A Lua Cheia para os Lobos não significa nada de bom, é um período de fome e perigo, pois com a luminosidade refletida do Sol, os Lobos são facilmente visto por suas presas e a caça se torna mais escassa. Isso vale para muitos predadores. Consequentemente é um período onde as presas estão mais seguras e podem se alimentar melhor. Este período muda com as mudanças da Lua, na Lua Nova as presas estão em maior perigo e fome e os predadores mais escondidos e com período de abundância nas caças. Existem animais que seguem um ciclo perfeitamente alinhados com a Lua, como os Náutilos, animais marinhos que trocam de concha a cada lunação completa. 

E na Magia Prática, como usar a Lua? É simples, e vamos agora entender melhor a força de cada uma das fases, assim podemos usar de maneira sábia, os diferentes tipos de energias e influências que temos, combinando-os para criar uma harmonia muito maior de energias das quais precisamos para nossos objetivos, assim como já vimos nos Horários Planetários.

  • Lua Nova: Como o nome já sugere, é a Lua do novo, do início, do despertar. A Lua do plantio de tudo o que deseja ver se desenvolver. É a Lua do segredo, do oculto e do olhar interior para preencher espaços vazios com coisas uteis. Nesta fase a Lua esta escondida no céu, está ali, mas não está visível, como uma semente contém uma árvore em seu interior mas ainda não está visível.
    -Feitiços e Rituais: Para início de projetos de todos os tipos. Para solteiros ou apaixonados, feitiços de amor em si mesmos abrem portas para a harmonia. Feitiços para abrir caminhos, dar o primeiro passo. Feitiços e meditação para o autoconhecimento. Ótima para iniciar conexões.
    Obs: Lua Nova é somente no dia indicado, no dia seguinte é Crescente e no anterior é Minguante.

  • Lua Crescente: É a Lua que cresce, que impulsiona, que levanta e atrai. A semente plantada na Lua Nova floresce agora. É a Lua da curiosidade, da experiência, do olhar interior para vermos nossas qualidades e desenvolvê-las. Nesta fase a Lua começa a riscar o céu, como uma semente risca a terra para deixar-se sair.
    -Feitiços e Rituais: Pedidos de prosperidade, crescimento, floração. Para dar animo e vida, espantar preguiça e levantar. Todos os tipos de feitiços de atração. Hora de estudar, conhecer coisas novas. Momento para energizar e consagrar pedras e cristais, desta forma sua energia vai aumentando conforme o uso. Momento de consagrar ervas vivas, ou seja as que estão no jardim crescendo. Ótima para criar conexões.
    -Risco surgindo da esquerda pra direita: Energia a mais no caminho, foque nos estudos.
    -Risco surgindo da direita pra esquerda: Energia a mais no autoconhecimento, foque no Eu interior e suas qualidades a serem desenvolvidas.
    -Risco surgindo de cima pra baixo: Paz e plenitude, mas tome cuidado nas escolhas, podem ser erradas e tudo acaba ficando calmo demais, ou seja, parado.
    -Risco surgindo de baixo pra cima: Abundância,  invista sem medo no que te trará bons frutos.
    -Quarto Crescente: É o momento onde a energia crescente é pura, quando a Lua esta igualmente dividida e crescendo.
    -Crescente Giboso: Começam a surgir influências da Lua Cheia, a energia está aumentando rapidamente.

  • Lua Cheia: É a Lua completa, que transborda, cheia de poder e magia. A Lua da abundância, dos amantes, dos poetas e dos desolados. Majestosa e brilhante ela guia os perdidos. É a Lua da descoberta, da comprovação, do olhar interior e saber que o que você é agora, é fruto de suas próprias lutas e conquistas.
    -Feitiços e Rituais: Para encher de poder, todos os instrumentos, sua casa, você, seus bichinhos e tudo mais. É a Lua do amor, feitiços de amor, de confiança, de amizade e de laços familiares. Para a cura, desde um coração partido a um coração nunca antes preenchido. Criatividade e ideias são bem trabalhadas nesta Lua. Leitura de oráculos, criar receitas, tudo o que for feito ficará transbordando de energia. Ótima para firmar conexões.
    Obs: Lua Cheia é somente no dia indicado. No dia seguinte é Minguante e no anterior é Crescente.

  • Lua Minguante: A Lua que se vai e leva consigo tudo o que desejar. É a Lua do desapego, da despedida, do olhar interior e dar tudo o que não deseja mais. Como as ondas do mar que vem trazendo conchinhas para a areia e quando volta, arrasta tudo de volta e ainda tenta te afundar, a Lua Minguante é o mesmo, ela esta indo, mas vai levar tudo o que você quiser. É hora de dizer adeus, de jogar pra longe, de rever conceitos e de se purificar.
    -Feitiços e Rituais: Todo tipo de banimento, limpeza e finalização. Finalizar projetos. Dar adeus, esquecer e deixar ir. Esconder e guardar coisas, como segredos. Hora de relaxar fazendo desabafos aos ventos.
    -Minguante Giboso: Guarda ainda muita energia da Lua Cheia.
    -Quarto Minguante: É o momento onde a energia esta mais pura.
    -Desaparecendo pra baixo ou pra esquerda: Mais energia para banimento.
    -Desaparecendo pra cima ou pra direita: Coisas aqui jogadas pra serem esquecidas poderão voltar futuramente.

  • Lua Negra: Esta Lua acontece dentro da Lua Nova, quando a Lua fica totalmente escondida no céu. Na Lua Nova, dá pra perceber um brilho em seu contorno e localizar onde ela está, na Lua Negra não, é totalmente escura. É um momento dentro da Lua Nova onde a Escuridão é total, tradicionalmente  ocorre em algumas poucas horas.
    É a Lua do mergulho no seu interior de forma completa, hora de saber quem você realmente é, nossa sinceridade trabalha de forma muito aflorada nesta Lua. Hora de se virar do avesso e se conhecer, se questionar, se mudar se for preciso, se entender. É a Lua do oculto dentro do oculto, do íntimo, do sacrifício.
    -Feitiços e Rituais: Auto descobrimento em geral, tudo relacionado a nosso íntimo. Leituras de Oráculos, trabalhar com o desenvolvimento de dons, trabalhar nossos medos e fraquezas, nossas limitações espirituais e terrenas. Hora de cutucar nossos traumas e gostar deles do que nos fizeram aprender.

Texto e Imagem: Henrique Barbosa

Participe: Grupo de Estudos
Conheça nossa Loja: Elo7 - Bosque do Cervo
'Este texto é de ia própria e fica proibida sua cópia, total ou parcial, sem autorização'